sábado, 10 de maio de 2014

Resenha: A Rainha dos Reis


Sinopse: Mistério e sedução, bruxas e guerreiros, história e mitologia se combinam para contar a lenda da
rainha mais famosa da Antiguidade. Alexandria está tomada pelas tropas romanas. O general Marco Antônio morre nos braços de sua amada Cleópatra. Para salvar seu reino e trazer seu grande amor de volta da terra dos mortos, Cleópatra faz um pacto com Sekhmet, a deusa da morte e da destruição. Mas o destino conspira contra a rainha, e em um passe de mágica ela se transforma em uma criatura imortal e sombria, capaz de assumir inúmeras formas e com uma fome insaciável de sangue humano. Lutando para preservar o pouco que lhe resta de sua humanidade, Cleópatra mantém vivo o desejo de se vingar de Otaviano, general romano responsável pela morte de Marco Antônio. E para isso ela precisará enfrentar as mais perigosas e assustadoras criaturas.


Resenha:

Sem dúvidas a estória desse livro é conflitante, acho que não existe uma palavra melhor para defini-lo. O livro mistura fantasia e realidade para criar uma atmosfera onde tudo é possível e recontar de forma fantasiosa e real os últimos momentos e uma pós vida da rainha das rainha, a Cleópatra de Marco Antônio. 

Primeiramente eu vou falar um pouco sobre a escrita da autora, que achei bastante rica e detalhada na medida certa, porém devo adivertir que o livro não flui de forma tão rápida, pelo menos não para mim, se você é um pouco curioso sobre mitologia egípcia e romana para você a leitura também não vai ser das mais rápidas, por que é obvio que enquanto a leitura se desenrola o pensando mitológico e os fatos que vão acontecendo te faz parar e se questionar o quanto daquilo é realidade e o quanto daquilo foi introduzido de forma para modificar a "verdadeira" história, enfim, a dúvida é uma companheira fiel do começo ao fim desse livro.

Na realidade que o livro conta nos deparamos com uma Cleópatra que nos faz querer compreender e aceitar suas atitudes, pelo menos me senti assim, apesar de todas as circunstâncias a personagem é muito humana e dedica seus atos por mais cruéis que sejam ao amor que sente pelos filhos, por Marco Antônio, pelo Egito, e ao ódio que sente por Roma e por Otaviano, que considerando o contexto de tudo e o que a estória desperta em você pode ser considerado vilão ou inocente, inclusive uma coisa que é interessante é que todos os personagens tem essa dupla interpretação o que faz o livro ser ainda mais intrigante. 

Ocorre uma certa evolução dos personagens porém não é nada tão drástico assim já que os personagem continuam desejando o que queriam desde o começo e usando os meios que podem para conseguirem o que desejam sem muitas mudanças nesse sentido.

No final a autora nos deixa com uma pulga atrás da orelha para nos Agradecimentos revelar que o livro faz parte de uma trilogia, o que eu não achei muito honesto com o leitor, já que na capa, no prefácio nem em canto nenhum do livro ela deixa explícito que o livro faz parte de uma trilogia a não ser nos Agradecimentos que na lógica correta de leitura é a última coisa que qualquer leitor irá lê, por isso a minha pequena "revolta" no final, me senti um pouco engana, por comprar um livro pensando que ele por si só bastaria e agora me sentir "obrigada" a comprar os outros livros que serão lançados para saber o fim da trama, por isso alerto a qualquer pessoa que tenha vontade de ler, É UMA TRILOGIA QUE NÃO É INDEPENDENTE OU SEJA NÃO SE TEM UM FINAL EFETIVO NESSE LIVRO! 

De todo o resto é um livro que eu indico (com as ressalvas já feitas) e que eu gostaria muito que a maioria de vocês lesse e viesse aqui discutir comigo, ainda que eu tenha refletido bastante sobre ele ainda preciso discutir com mais alguém, enfim, espero que tenham gostado e entendido a minha opinião um tanto quanto conflituosa... beijos e até a próxima! 


5 comentários:

  1. Oi, Willma!
    Obrigada pelo comentário e por seguir meu blog. Já estou seguindo o seu também, adorei! :)
    Eu não conhecia o livro e fiquei muito interessada, adoro mitologia tanto grega ou romana quanto egípcia, sou apaixonada por História. Então o livro me deixou curiosa sem falar que a história de Cleópatra é muito rica e interessante. Parabéns pela resenha!

    Beijos,

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada :)
      Então, se você gosta de mitologia grega, romana e egípcia é um livro que com certeza vale a pena, apesar de misturar um pouco se você se empenhar consegue ajustar cada mitologia com cada um dos impérios, enfim, espero que leia e goste!
      Bjs

      Excluir
  2. Gostei da resenha, gostei da capa e sempre tive curiosidade pelo livro.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por incrível que parece eu também gosto dessa capa rsrsrsrsrs apesar de todo o photoshop que faz quase sumir o nariz da modelo :O
      Muito obrigada e bjs!

      Excluir
  3. Que capa maravilhosa, achei que fosse romance histórico mas não é...fiquei curiosa com ele, obrigada por compartilhar sua opinião e divulgar, não conhecia

    http://dailyofbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir